Por que fazemos o que fazemos

Efeito Frankenstein é como denominamos a cultura de saúde no Brasil, isto é, a cultura de que temos que visitar um médico específico para cada parte do nosso corpo. Se estamos com uma crise de rinite, nós vamos ao alergista; uma dor aguda de ouvido, nós vamos ao otorrinolaringologista; uma gastrite, e vamos ao gastroenterologista. A Cuidas é um protesto contra isso, uma tentativa de mudar essa cultura ao olhar para saúde de forma integrada e holística.

A nossa missão é conectar médicos e enfermeiros de família especialistas em atenção primária com colaboradores de empresas. Através do nosso aplicativo, colaboradores podem marcar consultas presenciais e serem atendidos no próprio local de trabalho; e ainda, se preferirem, podem tirar todas as suas dúvidas com seu time de saúde pelo chat. A nossa missão é descomplicar e personalizar o acesso à saúde -- estamos redefinindo a forma como as pessoas são cuidadas no Brasil e precisamos de muita gente com garra e vontade de fazer acontecer para entrar nessa com a gente. 

Como fazemos: nossos valores

Saúde: saúde é a nossa razão de existir -- a saúde de todo mundo aqui dentro é nossa prioridade.

Somos Donos: agimos como donos e somos responsáveis pelas nossas próprias ações.  Afinal, se queremos que você tenha autonomia sobre a sua saúde nós também precisamos acreditar nisso.

Autoconhecimento: conhecemos a nossa empresa, o nosso propósito e aonde queremos chegar. E além disso, estamos numa jornada constante para conhecer melhor a nós mesmos.

Relacionamentos: estamos dando aos nossos usuários as ferramentas para conversar sobre saúde de uma maneira simples. Aqui dentro, é a mesma coisa: nos comunicamos com transparência, objetividade e, acima de tudo, empatia.  

Somos Audaciosos: não queremos ser só mais uma empresa de saúde. Nascemos da missão de redefinir a maneira como as pessoas são cuidadas e com a certeza de que estamos melhorando a saúde dos brasileiros.

Depoimentos

A Cuidas realmente faz tudo que se propõe a fazer. A saúde física e mental de todo mundo aqui dentro é prioridade, e isso permeia todos os âmbitos da empresa. Desde o almoço preparado aqui mesmo, até às consultas com meu time de saúde. Além disso, me senti parte do time desde o meu primeiro dia -- minhas sugestões (mesmo como uma estagiária!) não só eram bem-vindas, mas também esperadas. Ouvindo os progressos da empresa em cada reunião de time, eu sentia que o meu trabalho teve impacto na nossa jornada de mudar a saúde no Brasil.

Luiza Nascimento, estagiária de Marketing